Mário de Sá-Carneiro: «o homem são louco»

. Coord. cient.: Ricardo Vasconcelos; Jerónimo Pizarro; ;

BNP

1

2016

pt

9789725655801

iLEIO (browser para PCs e APP gratuita para sistema Android)

Assinalando os 100 anos da morte de Mário de Sá-Carneiro (1890-2016), a Biblioteca Nacional de Portugal (BNP) organizou uma exposição e um catálogo bibliográfico amplamente ilustrado que reúne as referências das suas publicações em vida, das obras publicadas na primeira e na segunda metade do centenário da sua morte, da correspondência, da prosa, da poesia, da sua participação e envolvimento na Orpheu, de fotografias, e de outros documentos. A obra reúne ainda uma pequena antologia da correspondência e da poesia referenciada no catálogo, o qual conta ainda com um texto inicial da autoria de Ricardo Vasconcelos e Jerónimo Pizarro.
A exposição e o catálogo têm por título Mário de Sá-Carneiro: «o homem são louco», expressão com que Fernando Pessoa se lhe referiu, pois a loucura tornou‐se, na linguagem dos autores de Orpheu e da sociedade que os rejeitou, na explicação para o seu mergulho na marginalidade literária, linguística, estética, e até social.
Passados cem anos sobre o suicídio do autor de Dispersão, este catálogo convida à leitura da sua obra, servindo também de introdução e de panorâmica sobre a mesma.
Índice não disponível.
Assunto não disponível.
Licença Impressão
Acesso Perpétuo 9 paginas a cada 30 dias
Aluguer nao permitido

Leitura online: um utilizador por sessão (sem simultaneidade)
Leitura offline (com a APP): máximo de 2 dispositivos em simultâneo